Follow by Email

sexta-feira, 11 de abril de 2014

11 de Abril de 2000, nascia o meu espelho! Parabéns primeiro amor da minha vida!

Pois é, já lá vão 14 anos... O tempo passa, e as mudanças são cada vez mais visíveis, o meu espelho deixou de ser criança e a cada dia que passa torna-se num jovem adolescente, com mais personalidade e competências para se tornar num jovem adulto.
Foi, e é sem dúvida o primeiro grande marco na minha vida, com ele aprendi e senti o que seria ser mãe, algo para o qual eu já sabia que estava destinada, mas nunca com tanta intensidade.
Os anos vão passando e tu tornas-te cada vez mais o meu confidente, o meu espelho, sinto que somos iguais em muitas e muitas coisas.
És o início do amor maior do que a vida, de que tanto falo, quantas vezes já chorei no teu colo e senti as tuas palavras doces. Tu sabes quando estou triste e quando estou feliz, olhas para a minha alma como eu olho para a tua.
Apaixono-me por ti todos os dias, cada vez mais e mais, e a maior garantia que me dás é que vais estar sempre do meu lado, aconteça o que acontecer, porque sempre foi assim, um do lado do outro.

És o meu melhor amigo, e eu sou sem dúvida a tua melhor amiga, partilhamos sensações e aflições, sempre de mão dada.

Amo-te com uma intensidade maior que a vida!

Parabéns meu pilar!

Um amor maior que a própria vida (G&F&S&A)


Alma Gémea!






O brincalhão!





O homem crescido!






E esta música porque sei que gostas!


quinta-feira, 3 de abril de 2014

3 de Abril! Até podia ser hoje o dia da Liberdade! Pois revolucionário como ele só visto!

E aí está, mais um ano! Vou tentar não me repetir em palavras, mas a verdade é que o meu pequeno rebelde já tem 10 anos! E está a crescer a olhos vistos, está a deixar de ser o meu bebé e a transformar-se num homenzinho! Com ele leva todas as loucuras próprias da idade, poderia dizer que ele é uma mistura de inteligência, rebeldia e uma boa dose de amor, porque apesar de todo aquele ar de durão tem um coração tão mole mas tão mole, que lhe dá uma doçura escondida, a quem ele revela apenas a quem lhe é mais importante.
Hoje acordou todo cheio de emoções. "Adoro fazer anos mamã", deu-me aí uns quinhentos beijos, diz ele que é para distribuir também pelos manos. (A&S). E são nestes pequenos gestos que eu descubro o Francisco, o verdadeiro Francisco!

Parabéns meu pequeno rebelde, contigo aprendo a tua doçura!

Amo-te daqui até à Lua, palavras que tantas vezes me dizes, e acredita que não existe nada de melhor no mundo do que ouvir-te a dizer que me amas!

P.S. Os manos adoraram os beijos, pois ainda não pararam de dar chutos!