Follow by Email

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Sentada no canto da Sala...

Sentada na sala à média luz...lá fora chove intensamente. Estamos em Abril e o tempo passa devagar, lamentavelmente...
Faz-me falta o calor do Verão, o ar ameno...o brilho
Paro...e penso...foi no Verão que te conheci...lembras-te? Ainda me recordo que te via ao longe enquanto caminhava...a tua pele morena, o teu sorriso aberto, tímido, eu sei que era tímido.
O meu olhar parou, decorava-te enquanto falavas e sorrias...conversa de café...uma hora acho, e prometemos voltar-nos a encontrar... A verdade é que nunca mais nos desencontramos...Estamos sempre um no outro...LEGO... AR




quarta-feira, 18 de abril de 2012

Porque um dia alguém ficará para sempre na tua vida...

Lembrando que o amor deve ser vivido, no seu tempo, na sua intensidade, na sua entrega...
Um amor pode ser vivido para sempre!

Esta mensagem é para quem acredita na magia de Amar... na sua plenitude!



E o que é o amor se não algo que nos aquece, uma doce loucura que nos envolve. Às vezes dou por mim a pensar “amor assim não existe, um amor maior do que céu!”. Ao início tudo era novo, diferente, foi como se já existisse, como se estivesse sempre lá mesmo sem nunca nos termos visto (pelo menos numa lembrança presente, porque os nossos olhos sabem que já se haviam visto), quase como que se tivesse usado um papel químico que se desvanece com o tempo mas nunca desaparece. Aí foi só pegar nesse pedaço de papel marcado pelo químico e torná-lo em algo que é para sempre, a minha pele sabe que é para sempre, e a tua também.
Digo-te tantas vezes que és o meu AR, e tu dizes-me que sou o teu Sol e tu a minha Lua, e conseguimos fazer a magia de nos mantermos sempre unidos, mesmo que longe, e transformamos o pôr do Sol no nosso momento, e não há dia em que naquela hora eu não te sinta e tu a mim.

Amo cada pedaço de ti, cada minuto que te sinto perto, que te respiro. Amo quando durmo e sei que estás comigo, porque sinto o teu calor e o teu cheiro.

Amo sentir-te em mim, amo deixar-te com vontade de mim, amo beijar-te.

Amo... Amar-te